Vitaminas para a memória

Dezembro 2017

A alimentação está fortemente relacionada com a memória. As vitaminas do complexo B, principalmente, e também as vitaminas A, C, D e E melhoram a capacidade de memorização e asseguram o bom funcionamento do sistema nervoso central.


O que são as vitaminas

As vitaminas são substâncias orgânicas presentes nos alimentos que o organismo necessita - em quantidades muito pequenas - para garantir a realização de diversas funções vitais. Por conta disso, a carência de uma vitamina pode causar efeitos importantes sobre o indivíduo, atacando inclusive a memória da pessoa.

Vitaminas para o cérebro e memória

Uma dieta variada e balanceada nos auxilia a obter todas as vitaminas necessárias para o bom funcionamento do cérebro. A vitamina A é muito importante para os neurônios e atua também sobre os radicais livres, moléculas que em excesso causam danos ao organismo. As fontes de vitamina A são vegetais de folhas escuras, frutas escuras, cenoura e fígado.

Outra vitamina essencial para o cérebro é a vitamina B1, também chamada de tiamina. Ela se ocupa do bom funcionamento do sistema nervoso central. O extrato de levedura, sementes de girassol, especiarias, pistache, macadâmia e peixes são os alimentos com alta concentração de vitamina B1.


A vitamina B3 é essencial para o cérebro porque metaboliza a energia. Ela pode ser incorporada pelo consumo de pão, carnes brancas, cereais, atum, sardinha, bacalhau, margarina, óleo de palma, ovos de codorna e chocolate. Os bebês necessitam de vitamina B3, presente em papinhas e leite em pó.

A vitamina B5 se encarrega da transmissão dos impulsos nervosos e desempenha função importante sobre o córtex adrenal. Os alimentos mais ricos em vitamina B5 são peixes, queijo, fígado, sementes de girassol, tomate seco, lentilha, abacate, milho, batata, ervilha, brócolis, couve de Bruxelas e banana.

As vitaminas B6 e B12 auxiliam na produção de hormônios como a dopamina, serotonina, adrenalina e norepinefrina, todas essenciais para a transmissão dos sinais pelo sistema nervoso. A vitamina B6 é encontrada na carne e cereais enquanto a B12 pode ser consumida no leite, ovos, peixes, soja, algas e cereais enriquecidos.

As vitaminas C e E, por serem antioxidantes, ajudam a proteger os neurônios. Os alimentos mais ricos em vitamina C são batatas, espinafre, tomates, morangos e todas as frutas cítricas. Já a vitamina E encontra-se na carne, vegetais, frutas e grãos de cereais. Por fim, a vitamina D atua na absorção de fósforo e cálcio e suas fontes são exposição à luz solar, peixe, cereais e laticínios.

Vitaminas para memória e concentração

As vitaminas do complexo B melhoram o estado de alerta e a concentração. A vitamina B12 é essencial para o funcionamento dos neurônios e glóbulos vermelhos (hemácias), prevenindo a perda de memória. Além disso, a vitamina B6 pode aumentar os níveis de atenção e a vitamina B5 ajuda a combater o estresse e ansiedade.

Vitaminas para o cérebro

Diversos estudos já demonstraram que a vitamina B12 ajuda a melhorar a memória ao formar uma capa protetora sobre os neurônios. Essa vitamina também rompe a homocisteína, um aminoácido tóxico para o cérebro. Por outro lado, a carência de vitamina B12 está relacionada com a perda de memória. Mulheres grávidas ou amamentando devem consumir vitamina B12 acima da média, às vezes fazendo uso de suplementação.

As vitaminas antioxidantes, como as vitaminas C, E e os betacarotenos, também ajudam a manter a saúde cerebral. Os antioxidantes protegem o tecido cerebral ao combater os radicais livres, que são formas tóxicas do oxigênio. Por último, a acetilcarnitina se encontra de forma natural no cérebro. Essa substância aumenta o fluxo sanguíneo cerebral, protegendo suas células.

Vitaminas para o cérebro de estudantes

Todas as pessoas, incluindo bebês, necessitam consumir vitaminas para a memória. Nos bebês, elas são ideias também o crescimento e desenvolvimento da criança. Já entre adolescentes seu uso pode melhorar o desempenho escolar. As vitaminas mais importantes para os estudos são as do complexo B, particularmente as vitaminas B6, B9 e B12. Essas vitaminas melhoram a memória, mantêm o bom funcionamento do cérebro, reduzem o estresse e protegem o sistema nervoso central.

Foto: © Lil Maria - Shutterstock.com

Veja também

Artigo original publicado por DRA. MARNET. Tradução feita por Pedro.CCM. Última modificação: 15 de agosto de 2017 às 14:56 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Vitaminas para a memória', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.