Desenvolvimento da gravidez - Primeiro mês

Novembro 2017

Mudanças fisiológicas na gestante e os primeiros passos do desenvolvimento do bebê já são percebidos logo no primeiro mês de gravidez. Veja o que ocorre nas quatro semanas inicias de gestação.


Como é o embrião no primeiro mês de gestação

Ao final do primeiro mês de gestação, o embrião, resultado da união do óvulo e um espermatozoide, pesa aproximadamente um grama e mede apenas quatro milímetros.

Amenorreia no primeiro mês de gestação

O primeiro mês de gestação corresponde às quatro primeiras semanas de gestação e à sexta semana de amenorreia, ou seja, de interrupção da menstruação. Em geral, um atraso superior a duas semanas na menstruação da mulher é indicativo forte de uma gestação em curso.

Como ocorre a fecundação

A união do óvulo e um espermatozoide recebe o nome de fecundação. A célula formada deste encontro chama-se zigoto. Posteriormente, o zigoto se divide em duas células que, a partir daí, sofrerão mais uma série de divisões até formar um organismo. Ao final de apenas três dias, o zigoto já estará dividido em 16 células.

Desenvolvimento do zigoto na primeira semana

Durante a primeira semana de gestação, o zigoto avança pelas trompas de Falópio e chega ao útero entre o terceiro e quinto dia. Ao final desta semana inicial, o óvulo fecundado vai aderir ao endométrio, num processo que recebe o nome de nidação, e começar seu desenvolvimento.

Desenvolvimento do zigoto na segunda semana

O zigoto continua seu desenvolvimento na segunda semana. Nesse momento, o embrião se divide em duas células diferentes. Uma delas, fixada no útero, se converterá no bebê e a outra constituirá a placenta, vínculo da mãe com o bebê que vai prover a criança com os elementos indispensáveis para seu desenvolvimento. O zigoto tem 1,5 milímetro neste momento.

Desenvolvimento do zigoto na terceira semana

Nesta semana, as células embrionárias já estão mais organizadas, com mais de 150 células. Existem três camadas de células. A primeira dará origem à pele, unhas, dentes, cabelos, nariz, lábios, seios e sistema nervoso. A segunda serão os músculos, ossos, coração, órgãos sexuais e sangue. Por fim, a terceira camada formará a língua, uretra, bexiga, pulmões, fígado e sistema digestivo. Nesta terceira semana, já é possível atestar a ocorrência da gravidez.

Desenvolvimento do zigoto na quarta semana

O zigoto se torna um embrião e o desenvolvimento do futuro bebê começa a acelerar. A maior parte dos órgãos iniciam seu crescimento, assim como membros e parte do sistema nervoso. Na quarta semana, o coração emite seus primeiros batimentos e o cérebro e a coluna vertebral se separam. A placenta e o cordão umbilical se instalam em seus respectivos lugares. Ao final do primeiro mês de gestação, o embrião flutua numa bolsa que contém o líquido amniótico. O embrião já é visível em um ultrassom.

Foto: © Sebastian Kaulitzki - Shutterstock.com
Artigo original publicado por p.horde. Tradução feita por Pedro.CCM. Última modificação: 23 de dezembro de 2016 às 10:51 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Desenvolvimento da gravidez - Primeiro mês', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.