Falta de sono - Consequências para saúde

Julho 2017

Frequente em adultos e cada vez mais presente entre adolescentes, a falta de sono pode ter repercussões graves sobre a saúde do indivíduo. Conheça as causas, consequências e tratamentos da falta de sono nesta dica.


Causas e fatores de risco da falta de sono

A falta de sono se deve, na maioria das vezes, ao estilo de vida que o paciente leva. Estresse, ansiedade, períodos de prova e/ou jornadas de trabalho muito longas são, por sua vez, os principais fatores de risco que podem prejudicar o sono. A idade e a menopausa também podem ser causa de falta de sono regular.

Consequências da falta de sono

As consequências da falta de sono são relativamente limitadas se a redução do tempo de sono for pontual. Por outro lado, a falta de sono regular pode provocar efeitos nefastos para a saúde. A curto prazo, dormir pouco afetará a qualidade de vida e o comportamento do paciente, diminuindo sua concentração, aumentando a emotividade exacerbada e reduzindo a resistência ao consumo de bebidas alcoólicas. A longo prazo, a falta de sono interfere no metabolismo e aumento o risco de doenças cardiovasculares, diabetes e obesidade. Além disso, muitos acidentes de trânsito estão relacionados a motoristas que dormem no volante por, entre outras razões, falta de sono.

Tratamento da falta de sono

Uma boa higiene do sono é indispensável para evitar as privações de sono. Deve-se realizar atividades tranquilas, como ler ou ver um filme, antes de dormir e evitar o consumo de álcool, bebidas energéticas e alimentos gordurosos no período da noite. Para pessoas que têm hábito de acordar durante a noite, o recomendado é levantar-se da cama e retornar quando o sono voltar.

Tratamento médico da falta de sono

Em alguns casos, um tratamento médico pode ser proposto para combater a falta de sono. Técnicas de terapia comportamental e cognitiva são as mais indicadas. O uso de medicamentos, por outro lado, deve ser feito com bastante cuidado para evitar dependência e os efeitos colaterais associados a eles.

Duração da noite de sono dos pacientes

A duração ideal de uma noite de sono é uma noção individual e depende das necessidades de cada um. A duração adequada é aquela que permite à pessoa sentir-se completamente descansada e com sua disposição restabelecida para as tarefas do dia. Quando possível, também é recomendável que a pessoa realize uma sesta após o almoço, que não deve durar mais que 20 minutos.

Foto: © Ljupco Smokovski - Shutterstock.com

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por Pedro.CCM. Última modificação: 6 de janeiro de 2017 às 09:45 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Falta de sono - Consequências para saúde', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.