Doença celíaca - Sintomas e tratamento

Julho 2017

A doença celíaca é uma enfermidade caracterizada pela intolerância do paciente ao glúten por conta de uma absorção intestinal deficiente da gliadina, proteína encontrada em diversos cereais. A doença celíaca afeta mais mulheres que homens.


O que é a doença celíaca

O glúten destrói as microvilosidades do duodeno (revestimento interno das paredes do intestino delgado). Essa estrutura é fundamental para o funcionamento do organismo por ser responsável pela assimilação dos alimentos. Desta maneira, ocorre uma inflamação crônica do intestino que reduz a capacidade de absorção de diversos tipos de nutrientes.

Quem sofre com a doença celíaca

Estima-se que 1% a 3% da população tenha doença celíaca. No entanto, apenas 10% a 20% dos pacientes recebe um diagnóstico correto da doença. Ela afeta pessoas em todas as idades mas crianças de seis meses a um ano e jovens adultos são os mais vulneráveis. Além disso, quase 70% dos casos afetam mulheres.

Sintomas da doença celíaca

Os sintomas mais comuns da doença celíaca são diarreia crônica, vômitos, constipação, anemia, falta de apetite, dor abdominal, variações de humor, aftas de repetição e osteoporose. Em crianças, a doença celíaca pode provocar atrasos no crescimento.

Sintomas de pele da doença celíaca

Às vezes confundidos com a doença celíaca, estes sintomas de pele - feridas e bolhas simétricas nos ombros, cotovelos e joelhos que coçam - são na verdade uma outra doença também provocada pela intolerância ao glúten chamada de dermatite herpetiforme.

Diagnóstico da doença celíaca

O diagnóstico da doença celíaca deve ser feito em duas partes. Um exame de sangue que aponta a presença de anticorpos específicos produzem a suspeita de que o paciente tenha intolerância ao glúten. Para confirmação do diagnóstico, uma endoscopia avalia as vilosidades do intestino para tentar encontrar alterações do revestimento.

Dieta da doença celíaca

Adotar uma dieta sem glúten por toda a vida é a única forma de tratamento da doença celíaca. É importante deixar claro que qualquer mínima quantidade de glúten ingerida pelo paciente pode ter consequências graves e provocar dores. Por conta disso, todos os alimentos vendidos nos supermercados do país devem trazer, desde 2003, informação sobre a presença ou não de glúten em sua composição. É fundamental que portadores da doença sempre leiam os rótulos dos produtos com atenção.

Alimentos permitidos para doença celíaca

A lista de alimentos permitidos para pacientes com doença celíaca é vasta tendo em vista que o glúten está presente apenas em alguns cereais como trigo, cevada e centeio. Desta forma, estão permitidos outros cereais como arroz e milho e farinhas de mandioca e fubá. Por fim, carnes, laticínios, frutas, verduras e legumes estão liberados.

Doença celíaca tem cura

Não, a doença celíaca é crônica e o tratamento deve ser feito pelo resto da vida do paciente sob risco de graves consequências. A doença celíaca pode matar.

Foto: © grafvision - Shutterstock.com

Veja também

Artigo original publicado por . Tradução feita por Pedro.CCM. Última modificação: 9 de maio de 2017 às 10:59 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Doença celíaca - Sintomas e tratamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.