Ácido fólico: o que é e para que serve

Julho 2017

Uma alimentação que inclua verduras de folha verde, cereais integrais, fígado, ovos e frutas cítricas é a melhor forma de incorporar ao organismo a quantidade diária recomendada de ácido fólico. Veja nesta dica os benefícios trazidos pelo consumo desta substância.


O que é ácido fólico

O ácido fólico é uma forma sintética da vitamina B9 encontrada, principalmente, nas folhas dos vegetais comestíveis. Outros alimentos também contêm ácido fólico, porém em menor medida.

Fontes de ácido fólico

As verduras de folha verde são as principais fontes de ácido fólico com destaque para espinafre, brócolis e acelga. Além disso, alguns legumes, frutas cítricas (laranja, limão, tangerina), cereais integrais e aspargos são outras fontes do ácido fólico. Por fim, também há alimentos de origem animal com ácido fólico. São eles fígado de boi e frango, gema de ovo e peixes como sardinha, salmão e atum. Esses últimos, no entanto, tem concentração menor que os de origem vegetal.

Benefícios do ácido fólico

O corpo humano necessita de ácido fólico para a sintetização e reparação do DNA e para o processo de divisão celular. Ele também contribui para o desenvolvimento correto do feto durante a gravidez e crescimento das crianças. O organismo necessita de 400 μg a 500 μg de ácido fólico por dia. Mulheres grávidas precisam de um pouco mais, próximo aos 600 μg.

Ácido fólico para gestante

O consumo de ácido fólico - pela alimentação e também com uso de suplementos - por gestantes é essencial. Mulheres grávidas com baixa taxa de ácido fólico correm maior risco de sofrer pré-eclâmpsia e outros problemas relacionados à gravidez. Além disso, há risco de o bebê sofrer malformação neurológica, especificamente do tubo neural. Essa malformação é uma das principais causas de morte perinatal.

Ácido fólico para engravidar

Em geral, recomenda-se que uma mulher inicie o tratamento com suplementação de ácido fólico antes mesmo de ficar grávida, tão logo suspenda o uso do método contraceptivo - pílula ou outro qualquer. Em média, o tratamento com ácido fólico deve ser iniciado dois ou três meses antes da concepção e se estender até o final do primeiro trimestre de gestação.

Ácido fólico ajuda a engravidar

Não, muitas mulheres acreditam que, por ser tomado antes da concepção, o ácido fólico é responsável por aumentar as chances de gravidez. Na verdade, seu uso é apenas para prevenir complicações do parto e não guarda relação com a fertilidade da mulher.

Como tomar ácido fólico

Em geral, a mulher que pretende engravidar deve tomar um comprimido de ácido fólico por dia cerca de três meses antes de engravidar. O uso da suplementação deve se prolongar durante todo o primeiro trimestre de gestação.

Foto: © Tanapat Phuengpak - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 12 de julho de 2017 às 09:12 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Ácido fólico: o que é e para que serve', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.