Anticoncepcionais combatem câncer de ovário

Natali.Saude - 30 de setembro de 2016 - 09:53

Anticoncepcionais combatem câncer de ovário

Contraceptivos têm um efeito protetor contra o câncer, aponta pesquisa que analisou dados de dez anos

(CCM SAÚDE) — O aumento no uso da pílula anticoncepcional tem reduzido as mortes por câncer de ovário em diversos países entre os anos de 2002 e 2012, segundo um estudo publicado pela revista 'Annals of Oncology'.

Isso acontece porque, segundo a pesquisa, os contraceptivos orais tenham um efeito protetor contra o câncer de ovário. Em seu estudo, os pesquisadores liderados por Carlo La Vecchia, da Universidade de Milão, na Itália, mostraram que a redução da mortalidade por câncer de ovário foi mais acentuada nos Estados Unidos, onde caiu 16%, na Austrália e na Nova Zelândia, onde caiu 12%.

A mortalidade baixou 10% nos países da União Europeia entre 2002 e 2012, passando de 5,76 mortes por cada 100.000 mulheres a 5,19.

"As grandes variações da taxa de mortalidade na Europa diminuíram desde os anos 1990 provavelmente devido a uma utilização mais uniforme dos anticoncepcionais orais, assim como por fatores reprodutivos, como a quantidade de filhos por mulher", destacou La Vecchia.

Outras regiões mostraram tendências menos consistentes, já que as mulheres começaram a tomar anticoncepcional mais tarde. Argentina, Chile e Uruguai mostraram uma queda entre 2002 e 2012, mas em Brasil, Colômbia, Cuba, México e Venezuela houve um aumento da mortalidade.

Foto: © Nattanan Boontub - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter