Zika pode ter sido transmitido por lágrimas

Pedro.Saude - 3 de outubro de 2016 - 09:45

Zika pode ter sido transmitido por lágrimas

Caso misterioso nos Estados Unidos levanta novas questões sobre o vírus; idoso faleceu após infecção

(CCM SAÚDE) — Um caso ainda cercado de muito mistério reacendeu discussões sobre as formas de transmissão e a letalidade do vírus zika. Pesquisadores da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, divulgaram artigo no periódico 'New England Journal of Medicine' em que narram a história de um homem de 38 anos que contraiu a doença de forma até então inesperada pela medicina.



O caso começa com o pai deste homem, um cidadão estadunidense nascido no México que havia passado três semanas em seu país natal. Ao retornar aos Estados Unidos, deu entrada no hospital da universidade com dores abdominais e pressão arterial baixa. Os exames constataram alta concentração do vírus zika no sangue do idoso de 73 anos. Alguns dias depois, o homem faleceu por falência múltipla dos órgãos.

O óbito chamou a atenção por apontar para uma possível alta letalidade do zika ainda não percebida em estudos científicos. No entanto, a situação mais misteriosa foi a contaminação do filho do paciente, um homem de 38 anos que não havia viajado ao México. Os médicos suspeitam que o rapaz tenha contraído o patógeno através do suor ou das lágrimas do pai já que não houve registro de contato do jovem com o sangue do idoso.

Até o momento, o caso ainda é tratado como mistério pelos especialistas, que aprofundarão a análise sobre o homem, que sofreu apenas um quadro de febre, coceiras pelo corpo e conjuntivite. Anteriormente a esta ocorrência, sabia-se apenas que o zika era transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti e, em casos raros, por meio de relações sexuais.

Foto: © igorstevanovic - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter