Meninos vão receber vacina contra o HPV

Pedro.Saude - 13 de outubro de 2016 - 11:23

Meninos vão receber vacina contra o HPV

Inclusão dos garotos no calendário se deve à redução do número de doses para as adolescentes

(CCM SAÚDE) — O Ministério da Saúde aproveitou o dia 12 de outubro para fazer um anúncio importante para a saúde de crianças e jovens. A partir de 2017, meninos de 12 e 13 anos terão direito à vacina contra o papilomavírus humano (HPV), até então ofertada apenas às garotas entre 9 e 13 anos. A inclusão dos garotos de 9 a 11 anos acontecerá de maneira progressiva até 2020.

O objetivo do ministério é vacinar 3,6 milhões de adolescentes do sexo masculino já no ano que vem. Além disso, cerca de 100 mil crianças e jovens de 9 a 26 anos portadores do HIV também serão imunizados em 2017. A alteração do Calendário Nacional de Vacinação não representa custo extra à pasta por conta da redução do número de doses das meninas, que passou de três para duas. Os meninos também receberão duas doses, com seis meses de diferença entre elas.

Além disso, a mesma faixa etária de 12 e 13 anos - de ambos os sexos - também terá acesso à vacina contra a meningite C. Atualmente, a imunização é feita em três doses com bebês até um ano e a nova vacinação será dada como reforço. Assim como a vacina do HPV, haverá expansão gradativa da idade vacinal até 2020.

A inclusão de adolescentes do sexo masculino na lista de imunizados contra o HPV só é adotado em outros seis países, entre eles Austrália, Estados Unidos e Panamá. O Brasil será o primeiro país da América do Sul a adotar este procedimento.

Foto: © Pixabay.
Siga o CCM Saúde no Twitter