Cientistas geram rato a partir de célula da pele

Pedro.Saude - 18 de outubro de 2016 - 11:12

Cientistas geram rato a partir de célula da pele

Experiência em universidade japonesa abre novas possibilidades para técnicas de fertilização in vitro

(CCM SAÚDE) — Um experimento realizado na Universidade Kyushu, no Japão, pode marcar uma grande mudança para casais inférteis. Pela primeira vez, cientistas foram capazes de criar óvulos artificiais de ratos a partir de células epiteliais. O experimento deu origem a onze camundongos filhotes, aparentemente saudáveis e aptos para a vida.



O feito pode ser um passo importante para o desenvolvimento de técnicas alternativas de fertilização in vitro para mulheres com problemas de fertilidade. No entanto, o procedimento ainda precisa de avanços. Ao todo, os pesquisadores fecundaram 300 óvulos e mais de 96% deles não vingaram.

Apesar da taxa sucesso bastante reduzida, a pesquisa, publicada na revista científica 'Nature', foi bem recebida. "No futuro, essa técnica pode auxiliar mulheres que perderam a fertilidade muito cedo ou garantir incrementos sobre tratamentos de fertilidade convencionais", explicou o especialista em reprodução Richard Anderson ao jornal 'The Guardian'.

Antes de testar o procedimento com embriões humanos, os pesquisadores devem tentar apurá-la com animais maiores, como porcos e ovelhas.

Foto: © Maciej Bledowski - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter