Hormônio do estresse afeta fertlidade da mulher

Pedro.Saude - 20 de outubro de 2016 - 10:27

Hormônio do estresse afeta fertlidade da mulher

Experimento mostrou que sucesso de fertilizações in vitro cai com aumento da presença de cortisol

(CCM SAÚDE) — O cortisol, popularmente chamado de hormônio do estresse, está ligada ao fracasso de técnicas de reprodução assistida, apontou pesquisa da Universidade de Nottingham, no Reino Unido. Mulheres com alta concentração da substância nos fios de cabelo apresentaram 30% menos chance de engravidar.



Segundo a autora do estudo, professora Kavita Vedhara, as medições foram feitas no cabelo das voluntárias pois, diferentemente da saliva ou da urina, por exemplo, eles mostram o acumulado da função hormonal dos últimos três a seis meses. Além disso, o cortisol salivar, também coletado, não demonstrou relação com o sucesso da técnica. Ao todo, 135 mulheres - 60% delas que conseguiram ter filhos por FIV - participaram do experimento.

"Há algum tempo que os cientistas têm se interessado pela relação entre estresse e os resultados de reprodução assistida. O trabalho não garante essa associação, mas mostra que o cortisol de fato influencia na taxa de sucesso do procedimento. A boa notícia para as pacientes é que mudanças no estilo de vida que baixem o cortisol vão aumentar a eficácia dos tratamentos", aponta Vedhara.

Além do estresse e ansiedade, a concentração de cortisol no organismo depende de outros fatores, tais como prática de exercícios físicos, regime alimentar e ingestão de cafeína.

Foto: © Littlekidmoment - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter