Vacina da dengue pode aumentar surtos de zika

Pedro.Saude - 1 de novembro de 2016 - 08:16

Vacina da dengue pode aumentar surtos de zika

Proteção contra uma doença poderia facilitar infecção por outros tipos de vírus, diz pesquisa

(CCM SAÚDE) — Com um modelo já no mercado e diversos outros em desenvolvimento, a vacina contra a dengue pode provocar um efeito colateral bastante indesejado: o aumento dos casos e surtos de infecção pelo vírus zika. A conclusão é de uma pesquisa realizada na Universidade York, no Canadá. Epidemias da doença também ocorreriam mais cedo e afetariam mais pessoas, aponta o estudo.



O trabalho foi realizado pelo doutorando Biao Tang e foi publicado na revista 'Scientific Reports'. O mecanismo que promove a relação entre as doenças está nos anticorpos produzidos pelo organismo após uma infecção por dengue. "Evidências recentes mostraram que os anticorpos da dengue podem aumentar as chances de uma infecção pelo zika", apontou Tang, ligada à universidade de chinesa Xi'an Jiaotong.

Sem desaconselhar o uso e a pesquisa de vacinas da dengue, o cientista afirma que outras formas de combate a estas infecções devem ser buscadas, principalmente o controle da proliferação do mosquito Aedes aegypti, vetor de ambas as doenças. Menos conhecida e estudada, a chikungunya, também transmitida pela fêmea do Aedes, não teve relação analisada na pesquisa.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), os casos de dengue têm crescido de maneira acelerada nas últimas décadas e já colocam em risco cerca de metade da população mundial, especialmente na Ásia, África e nas Américas. Por outro lado, a zika vem se espalhando pelo planeta desde 2013. Recentemente, a OMS alertou que mais de 500 milhões de pessoas somente nas Américas estão ameaçadas de contrair uma das três doenças transmitidas pelo mosquito Aedes.

Foto: © gopixa - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter