Internações por opioides dobram em 25 anos

Pedro.Saude - 1 de novembro de 2016 - 08:18

Internações por opioides dobram em 25 anos

Uso acidental e tentativa de suicídio estão entre as principais causas das hospitalizações por abuso

(CCM SAÚDE) — Em 25 anos, o número de casos de internações por abuso de analgésicos da classe dos opioides mais que dobrou nos Estados Unidos. Os dados reunidos em pesquisa da Universidade de Yale mostram que 13.052 crianças e jovens de 1 a 19 anos foram internados por overdose de medicamentos entre 1997 e 2012. Destes casos, 176 levaram o paciente ao óbito.



De acordo com o levantamento, publicado na revista da Associação Médica Americana (Jama, na sigla em inglês), a taxa de hospitalizações passou de 1,4 por cada 100 mil adolescentes em 1997 para 3,71 há quatro anos. Apesar da faixa etária superior, de 15 a 19 anos, representar o maior número de casos, entre os mais novos - de um a quatro anos - foi registrado o aumento mais importante para o período, de 205%.

As principais razões para o problema também variam de acordo com a idade. Nos bebês, as ocorrências geralmente se dão por uso acidental. Já os mais velhos abusam dos opioides em tentativas de suicídio ou quando buscam experimentar sensações similares ao uso de drogas sintéticas como o ecstasy.

Os autores da pesquisa, liderados pela epidemiologista Julie Gaither, apontam o crescimento da prescrição e consumo destes remédios como o principal responsável para tantos casos de overdose. De 1999 a 2010, as vendas de opioides cresceram quatro vezes enquanto as mortes ligadas ao abuso destas drogas subiram 600% entre jovens de 15 a 24 anos. Ao todo, cerca de 19 mil mortes foram provocados pelo uso abusivo de analgésicos somente em 2014.

Foto: © funnyangel - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter