Imunoterapia é aposta para tratar câncer pulmonar

Natali.Saude - 8 de novembro de 2016 - 08:53

Imunoterapia é aposta para tratar câncer pulmonar

Técnica potencializa as células de defesa do paciente e aumenta a sobrevida e redução de efeitos

(CCM SAÚDE) — A imunoterapia é considerada a grande aposta da medicina contra o câncer pela revista 'Science'. Esse conceito, que chegou ao Brasil há dois meses, acorda as células de defesa, enganadas pelas cancerosas, permitindo ao sistema imunológico fazer o seu trabalho de forma apropriada. Uma das áreas mais promissoras é o combate ao câncer de pulmão de células não pequenas, doença que tem mortalidade maior que os tumores de mama, próstata e colorretal juntos.

O que essas novas classes de moléculas fazem é bloquear os mecanismos que as células cancerosas usam para se esconder. Embora promissor, o tratamento ainda tem custo bastante alto. O preço de uma dose fica em torno de US$ 30 mil (R$ 96 mil) e o tratamento está distante dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Entretanto, apesar desses impeditivos, os médicos estão otimistas com os resultados das pesquisas, que indicam não só uma sobrevida maior, mas efeitos colaterais menos tóxicos que os da quimioterapia.

Por ora, apenas 20% dos pacientes com tumor no pulmão se beneficiam, mas os médicos acreditam que, já na próxima década, será possível combinar medicamentos e fazer com que a doença fique sob controle por tempo indeterminado.

Foto: © BlueRingMedia - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter