Casos de sífilis no Brasil sobem para 65 mil

Natali.Saude - 10 de novembro de 2016 - 10:14

Casos de sífilis no Brasil sobem para 65 mil

País sofre com uma epidemia da doença; em cinco anos, casos dispararam

(CCM SAÚDE) — A sífilis é uma doença infecciosa transmitida pela bactéria Treponema pallidum e, segundo dados, é responsável por um surto de casos no Brasil. Para se ter uma ideia do crescimento da incidência desse mal, em cinco anos, casos passaram de 5 mil para 65 mil, caracterizando uma epidemia.



A transmissão da sífilis ocorre durante a relação sexual ou de mãe para filho, pelo sangue, durante a gravidez. Isso pode ocorrer em qualquer fase da gestação e em qualquer estágio da doença. Esse cenário aumenta os riscos porque o bebê pode pegar a doença. Só no ano passado, mais de 220 bebês morreram no Brasil porque o medicamento está em falta no mundo inteiro.

Além de o medicamento que combate a sífilis ser escasso no momento, há ainda o problema de mutação e resistência da bactéria que a transmite devido ao uso indiscriminado de antibióticos.

Atualmente, o principal motivo de o Brasil ter uma epidemia de sífilis é a falta de uso do preservativo na relação sexual, principalmente entre os jovens e adolescentes, que não passaram pela geração da Aids. A forma mais segura de garantir a prevenção é utilizando a camisinha.

Foto: © Feel Photo Art - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter