Rotina desregulada provoca obesidade infantil

Pedro.Saude - 14 de novembro de 2016 - 10:09

Rotina desregulada provoca obesidade infantil

Poucas horas de sono e pular refeições são fatores mais importantes do que consumo de refrigerante

(CCM SAÚDE) — A obesidade infantil é uma das questões de saúde pública que mais preocupa especialistas em todo o mundo atualmente. Suas causas, no entanto, podem estar bem longe do que comem as crianças e associadas ao seu estilo de vida, aponta pesquisa da University College de Londres, no Reino Unido.



De acordo com a equipe liderada pela epidemiologista Yvonne Kelly, a falta de regularidade no sono e o hábito de pular refeições, principalmente o café da manhã, são fatores de risco mais importantes para o sobrepeso e obesidade de crianças e adolescentes do que, por exemplo, a quantidade diária de refrigerantes e outras bebidas açucaradas ingerida por este grupo.

"Esse estudo mostra que rotinas desreguladas, marcadas por padrões de sono regulares e salto de algumas refeições, podem influenciar no ganho de peso através do aumento do apetite e consequente elevação do consumo de alimentos altamente calóricos", aponta a especialista. O levantamento acompanhou o crescimento de 19.224 jovens nascidos entre 2000 e 2002.

A pesquisa também revelou associação entre peso e consumo de cigarros pela gestante com maiores riscos de obesidade infantil. Por outro lado, o número de horas passadas pela criança em frente à televisão não influenciou em seu peso.

Conforme estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), 42 milhões de crianças com menos de cinco anos têm sobrepeso ou obesidade. Já segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, a porcentagem de crianças obesas dobrou nos últimos 30 anos.

Foto: © kwanchai.c - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter