Dormir após briga fortalece a raiva, diz estudo

Natali.Saude - 5 de dezembro de 2016 - 09:30

Dormir após briga fortalece a raiva, diz estudo

Descoberta pode ajudar a combater traumas psicológicos e reduzir impacto de discussões

(CCM SAÚDE) — Um estudo conduzido por cientistas chineses e estadunidenses comprovou que lembranças negativas se tornam mais duráveis na mente quando as pessoas dormem logo após pensarem nelas. Sabendo dessa informação, a equipe de pesquisadores acredita que é possível combater traumas psicológicos.



Depois de analisar 73 universitários, treinados durante dois dias para associar imagens específicas com memórias negativas e, em seguida, olhar para as fotos novamente e recordar as associações negativas ou a lutar contra elas, os pesquisadores comprovaram, na análise de imagens cerebrais, que é mais difícil suprimir as memórias negativas depois que as pessoas dormiram.

"Esse estudo sugere que há certo mérito no antigo conselho 'Não vá para a cama com raiva'. Nós sugerimos que se resolva a briga antes de ir dormir", ressaltou Yunzhe Liu, coautor do estudo e pesquisador da Universidade Normal de Pequim. Para os investigadores, o sono afeta a forma como a informação recém-adquirida é armazenada e processada no cérebro, transformando as memórias de curto em de longo prazo.

Foto: © Stephen Mcsweeny - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter