Uso de drogas por adolescentes cai nos EUA

Pedro.Saude - 15 de dezembro de 2016 - 12:33

Uso de drogas por adolescentes cai nos EUA

Consumo de maconha e cigarros eletrônicos supera tabaco convencional entre estudantes

(CCM SAÚDE) — O uso de drogas lícitas ou ilícitas segue em queda nos Estados Unidos. Nesta quarta-feira (14), foi divulgada a edição 2016 - com dados referentes ao ano passado - da pesquisa 'Monitoring the Future', da Universidade de Michigan e do Instituto Nacional de Abuso de Drogas, realizada desde 1975. O álcool continua sendo a droga mais consumida, mas a maconha aparece pela primeira vez em segundo lugar.



O estudo foi feito com 45.473 estudantes de 372 escolas públicas e particulares do país. Os jovens são alunos do 8º, 10º ou 12º anos e têm, respectivamente, 14, 16 e 18 anos. O consumo de álcool é ainda o que mais preocupa os especialistas, apesar da queda. Em 2015, 55,6% dos alunos do 12º ano haviam bebido nos doze meses anteriores, contra 75% em 1997. No 8º ano, a redução foi ainda mais acentuada: 17,6% contra 46,8% em 1994, ano de pico nesta faixa etária.

Em segundo lugar, aparece a maconha, com 35,6% de uso entre os jovens de 18 anos, 23,9% entre os de 16 anos e 9,4% nos de 14 anos. Mesmo tendo ultrapassado o cigarro no ranking, o uso de maconha também está caindo. Os alunos do 12º ano, por exemplo, a queda se deu pelo quinto ano consecutivo.

A ultrapassagem na tabela ocorreu porque o consumo de cigarros convencionais diminuiu em ritmo mais acelerado. Somente 4,8% dos estudantes do 12º ano fumam diariamente contra 22,2% que tinham o hábito há duas décadas. No 10º ano, o índice é de apenas 1,8%. Além disso, a opção pelos cigarros eletrônicos é feita normalmente sem uso de nicotina. Três em cada quatro dos jovens que utilizam esses produtos adicionam nicotina nos vaporizadores.

Foto: © Kamira - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter