Vacina contra malária tem sucesso em testes

Pedro.Saude - 5 de janeiro de 2017 - 08:04

Vacina contra malária tem sucesso em testes

Imunização usa técnica pioneira de modificação genética para garantir eficácia do produto

(CCM SAÚDE) — Produzir uma vacina contra a malária, uma das doenças que mais afeta pessoas em todo o mundo, é um objetivo perseguido por muitos pesquisadores e pode ser uma solução pioneira a responsável por garantir a proteção de milhões de seres humanos contra a doença no futuro.

Estudo do Centro de Pesquisa de Doenças Infecciosas de Seattle, nos Estados Unidos, criou a primeira vacina no mundo que utiliza engenharia genética para imunizar pessoas. Os cientistas retiraram do parasita Plasmodium, causador da malária, três genes que são cruciais para provocar a infecção da corrente sanguínea dos pacientes.

Desta forma, o patógeno, que inicialmente se instala no fígado do indivíduo não encontra meios de se reproduzir. Com isso, a vacina, que inocula o vírus atenuado e geneticamente modificado no organismo, estimula o corpo a combater o Plasmodium sem riscos de provocar infecção.

A imunização inovadora foi testada em ratos com sucesso. Depois, 10 voluntários foram picados por cerca de 200 mosquitos Anopheles, animal que transmite a doença. Segundo os autores do estudo, que publicaram seus resultados na revista 'Science Translation Medicine', nenhum deles desenvolveu malária ou teve reações adversas.

Apesar das altas expectativas, a nova vacina contra a malária ainda precisa passar por testes mais extensos com seres humanos antes de pleitear sua autorização pelas agências de vigilância sanitária internacionais.

Foto: © Chinnapong - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter