Anvisa aprova 1º remédio à base de maconha

Pedro.Saude - 17 de janeiro de 2017 - 10:07

Anvisa aprova 1º remédio à base de maconha

Medicamento com dois componentes da droga será usado no tratamento da esclerose múltipla

(CCM SAÚDE) — A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou nesta segunda-feira (16) que concedeu o primeiro registro do país para um medicamento à base de maconha. O remédio, que será comercializado com o nome de Mevatyl, contém canabidiol (CBD) e tetrahidrocanabidiol (THC), substâncias presentes na droga.

O produto é desenvolvido pelo laboratório britânico GW Pharma Limited e será prescrito para pacientes com rigidez muscular excessiva (espasticidade) decorrente de esclerose múltipla que não apresentem melhora com tratamentos convencionais e tenham reagido bem a testes iniciais com o Mevatyl. Menores de 18 anos não poderão utilizar o novo remédio.

Primeira droga à base de Cannabis sativa liberada no Brasil, o medicamento já tem venda autorizada em 28 países, entre eles Estados Unidos, Dinamarca, Alemanha e Suíça. Antes do Mevatyl, a Anvisa apenas permitia a importação deste tipo de remédios com base em autorizações especiais concedidas pela Justiça.

Antes de chegar às farmácias, o produto deverá ter seu preço fixado pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), órgão federal que define o custo de todos os remédios vendidos no país.

Foto: © Pixabay.
Siga o CCM Saúde no Twitter