Hormônio causaria alimentação em excesso

Pedro.Saude - 25 de julho de 2015 - 01:12

Hormônio causaria alimentação em excesso

Baixas taxas de glucagon no organismo provocaria preferência por comidas gordurosas

(CCM SAÚDE) - Comer além da conta pode não ser apenas uma questão de gula, mas uma alteração biológica. Pesquisadores da Universidade Rutgers, nos Estados Unidos, determinaram que a redução da presença do hormônio glucagon no organismo leva ao exagero na alimentação. O experimento abre uma nova fronteira nas políticas de controle da obesidade, afirmam os autores do estudo.



A pesquisa norteamericana foi realizada com ratos. Aqueles que tiveram a concentração de glucagon reduzida passaram a comer além de suas necessidades calóricas e demonstraram preferência por alimentos com muita gordura. "Por outro lado, quando aumentávamos a quantidade do hormônio nos ratos, conseguimos bloquear o consumo de gordura", explica o cientista Vincent Mirabella.

Apesar de garantirem que a taxa de glucagon no sangue não é o único fator que leva as pessoas a comerem em excesso, os pesquisadores acreditam que a descoberta pode auxiliar nas políticas de combate à obesidade. De acordo com eles, a atenção deveria passar do corpo inteiro para o cérebro, região que secreta o hormônio.

No entanto, o estudo alerta que medicamentos que imitam as funções do glucagon recém-aprovados nos Estados Unidos para o combate à obesidade têm efeitos colaterais importantes, como pancreatite e doenças hepáticas.

Foto: © Pixabay.