Levar mais de uma hora para dormir é mau sinal

Natali.Saude - 30 de janeiro de 2017 - 09:40

Levar mais de uma hora para dormir é mau sinal

Cientistas apontam o que é necessário para se obter uma verdadeira noite de descanso

(CCM SAÚDE) — Quando uma pessoa dorme mal, seu sistema imunológico é afetado, há influência no peso, humor e elevação do risco de doenças como diabetes, problemas cardiovasculares e de memória. Pensando nisso, cientistas da Fundação Nacional do Sono dos Estados Unidos fizeram uma série de avaliações para identificar o 'bom sono'.

Após avaliar 277 estudos sobre o tema e lançar o primeiro consenso de recomendações na revista 'Sleep Health', os pesquisadores concluíram que há quatro variáveis apropriadas para medir a qualidade do sono: latência, eficiência, quantidade de vezes em que a pessoa acorda depois de começar a dormir e, nesse caso, em que momento desperta.

Para todos os grupos etários avaliados — de bebês a idosos —, a quantidade ideal são 15 minutos. Levar de 16 minutos a meia hora para dormir é aceitável. Porém, um intervalo de 45 minutos a uma hora já indica baixa qualidade do sono (exceto para idosos) e acima de uma hora é sinônimo de sono ruim, independentemente da idade.

Outro indicador da continuidade é a eficiência do sono, ou seja, o tempo em que se passa de fato dormindo depois de se deitar. De acordo com os especialistas, para se ter qualidade, é necessário que essa eficiência seja maior ou igual a 85%. Abaixo de 74%, o sono é de má qualidade para todos os grupos etários, exceto os idosos. Entre os mais velhos, dormir menos de 64% do tempo passado na cama é sinal de que o sono está ruim.

Foto: © Antonio Guillem - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter