Estudo: maconha pode aliviar vício em heroína

Natali.Saude - 3 de fevereiro de 2017 - 10:57

Estudo: maconha pode aliviar vício em heroína

Canabinoides e opioides regulam a percepção de dor das pessoas, porém atuam sobre receptores diferentes

(CCM SAÚDE) — Se utilizados de forma medicinal, os canabinoides, substâncias presentes na maconha, podem reduzir a fissura e aliviar os sintomas de abstinência em pessoas dependentes de heroína.

Segundo estudos da Escola de Medicina de Mount Sinai, nos Estados Unidos, um estudo-piloto feito com seres humanos e outro com animais indica os benefícios dos canabinoides sobre os opioides (substância da heroína) no cérebro.

Os canabinoides, presentes na maconha, têm ação comprovada sobre dores crônicas, ao passo que os opioides aliviam dores mais agudas, porém têm potencial de causar overdose. Em estudos em animais, um canabinoide específico, o canabidiol, reduziu a fissura por mais de uma semana de abstinência e pareceu ser capaz de restaurar alguns danos neurobiológicos causados pelos opioides.

"A vantagem da maconha não é tanto porque elimina a dor dos sentidos, mas porque 'desacopla' a sensação do sofrimento, provavelmente por induzir uma 'descorrelação' de disparos neuronais", disse o neurocientista brasileiro Sidarta Ribeiro, coordenador do Instituto do Cérebro da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, ao jornal 'Correio Braziliense'.

Segundo dados das autoridades estadunidenses, cerca de 2,5 milhões de pessoas no país foram diagnosticadas com a chamada desordem por uso de opioide (OUD, na sigla em inglês) e 80 morrem por dia devido à overdose da droga.

Foto: © Phimsri - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter