Remédio para hepatite C é esperança contra zika

Pedro.Saude - 3 de fevereiro de 2017 - 13:54

Remédio para hepatite C é esperança contra zika

Droga introduzida recentemente no SUS teve ação contra o vírus foi descoberta por brasileiros

(CCM SAÚDE) — Um medicamento utilizado para o tratamento da hepatite C pode ser esperança contra o vírus zika. Pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) demonstrou a ação da droga sobre o patógeno transmitido pelo Aedes aegypti.

O sofosbuvir foi testado em diferentes de tipos de células humanas, inclusive neuronais, onde se desenvolve a microcefalia em fetos, principal problema associado ao zika. A droga age sobre a RNA polimerase, enzima responsável pela proliferação do vírus, e impede sua replicação e a morte celular provocada pela presença do agente invasor.

Para Thiago Moreno, coordenador do estudo, ainda são necessários testes mais amplos - com animais e, posteriormente, seres humanos -, mas a expectativa é que o sofosbuvir possa inclusive ser usado para prevenir possíveis infecções. "O fato de uma droga clinicamente aprovada ter ação contra o vírus zika é importante. Como não sabemos quando teremos uma vacina disponível, ter um medicamento antiviral para reduzir os danos provocados pela infecção é fundamental", afirmou ele à 'Agência Fiocruz'. Além disso, o pesquisador apontou que a droga possui poucos efeitos colaterais.

O sofosbuvir é um medicamento criado em 2013 e introduzido no Sistema Único de Saúde (SUS) em dezembro de 2015. Seu uso, combinado a outras duas substâncias, traz chance de cura próximo aos 90% para pacientes com hepatite C. Como boa parte dos antivirais, a droga não está à venda nas farmácias e seu uso é controlado.

Foto: © Alexander Raths - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter