Autismo: herpes genital na gestação eleva risco

Natali.Saude - 23 de fevereiro de 2017 - 09:57

Autismo: herpes genital na gestação eleva risco

Estudo indica que a resposta imunológica da mulher ao vírus pode ter efeitos nocivos no feto

(CCM SAÚDE) — Mulheres que contraem herpes genital na gestação têm o dobro de risco de dar à luz um bebê autista. Para pesquisadores noruegueses e estadunidenses, a resposta imunológica de uma mulher pode ter efeitos nocivos no cérebro do feto em desenvolvimento e influenciar a probabilidade de que a criança tenha autismo.



"Acreditamos que a resposta imunológica da mãe ao vírus da herpes HSV-2 poderia afetar o desenvolvimento do sistema nervoso central do feto, aumentando o risco de autismo", explicou, em comunicado, Milada Mahic, cientista do Centro de Infecção e Imunidade da Universidade de Columbia em Nova York, autora principal deste estudo.

Para chegarem a essa conclusão, os pesquisadores avaliaram amostrasse sangue de 412 mães de filhos diagnosticados com autismo e 463 mães de filhos sem autismo, com amostras coletadas na 18ª semana de gravidez e durante o parto.

Até hoje, as causas do Transtorno do Espectro Autista permanecem obscuras, porém os cientistas acreditam que a condição tem origem em uma combinação de influências genéticas e ambientais.

Foto: © Evgeny Atamanenko - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter