Excesso de álcool endurece artérias e gera AVC

Natali.Saude - 1 de março de 2017 - 06:35

Excesso de álcool endurece artérias e gera AVC

Infarto também é uma das consequências da ingestão exagerada de bebidas alcoólicas, diz pesquisa

(CCM SAÚDE) — A aterosclerose, complicação cardíaca que pode gerar AVC e infarto, é uma das consequências do consumo exagerado de álcool, segundo uma pesquisa britânica que acompanhou, por 25 anos, 3.896 adultos.

No estudo, publicado na revista da Sociedade Americana do Coração, foi observado que os homens que bebiam quantidades acima das consideradas 'seguras' apresentavam endurecimento dos vasos.

"A rigidez arterial é um indicador importante do envelhecimento cardiovascular e é conhecida por estar fortemente associada com doenças cardiovasculares e à mortalidade", disse, ao jornal 'Correio Braziliense', Darragh O’Neill, autor do estudo e pesquisador da University College Londres, no Reino Unido.

Segundo a Associação Americana do Coração, um consumo 'moderado' de álcool equivale a uma ou duas doses de bebidas por dia para homens e uma dose de bebida para mulheres. Ao investigar homens que bebiam uma quantidade maior do que isso, eles chegaram à conclusão de que todos apresentavam maior rigidez arterial.

A ingestão moderada da bebida até é recomendada por especialistas, pois aumenta os níveis de HDL, conhecido como 'colesterol bom', que absorve a gordura depositada nas artérias.

Foto: © Kamira - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter