Estudo: mulheres hétero têm menos orgasmos

Natali.Saude - 7 de março de 2017 - 09:44

Estudo: mulheres hétero têm menos orgasmos

Pesquisa chegou a essa conclusão após avaliar 52,6 mil pessoas nos Estados Unidos

(CCM SAÚDE) — Um estudo conduzido nos Estados Unidos indica que as mulheres heterossexuais têm menos orgasmos que as lésbicas ou bissexuais. Após um levantamento com 52,6 mil pessoas, que avaliou o 'intervalo de orgasmos' entre gêneros e orientações sexuais, essa foi a conclusão das universidades de Indiana, Chapman e de Claremont.



Segundo a pesquisa, o índice de orgasmos femininos é de 65% entre as heterossexuais, 66% entre as bissexuais e 86% entre as lésbicas. A relação se inverte entre os homens. A taxa de orgasmos é 88% entre os bissexuais, 89% entre os gays e 95% entre os heterossexuais.

"O fato de que as mulheres lésbicas têm orgasmos com maior frequência do que as mulheres heterossexuais indica que muitas mulheres heterossexuais poderiam ter maiores taxas de orgasmo", indica o estudo, recomendando uma ‘variedade de comportamentos que os casais podem tentar para aumentar a frequência dos orgasmos’, entre eles, sexo oral e estimulação manual.

O estudo diz ainda que poucas mulheres heterossexuais "atingiram o orgasmo por meio apenas da penetração”, indicando uma associação clara entre a frequência do sexo oral e o número de orgasmos em mulheres heterossexuais, lésbicas e bissexuais, assim como nos homens gays e bissexuais.

Foto: © Lucky Business - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter