Casos de zika, dengue e chikungunya caem

Natali.Saude - 15 de março de 2017 - 09:49

Casos de zika, dengue e chikungunya caem

Número de casos caiu significativamente na comparação com o mesmo período de 2016

(CCM SAÚDE) — Um informativo do Ministério da Saúde aponta que o número de notificações de dengue, zika e chikungunya em 2017 caiu na comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo os dados oficiais, até fevereiro deste ano, as três doenças somavam 60.124 registros, contra 590.380 suspeitas em 2016 - queda de 89,81%.

Por ora, ocorreram cinco mortes em decorrência da dengue. No mesmo período em 2016, 221 pessoas já haviam morrido. Já a chikungunya apresentou 10.294 notificações até agora, contra 43.567 do ano passado. A zika foi o problema que apresentou maior queda, de 97,68%. Até agora, foram apenas 1.653 casos contra 71.553 em 2016.

"No ano passado houve aquela enormidade de casos no Nordeste e, provavelmente, quem era pra ser infectado já foi. Por isso, neste ano vai diminuir muito o número de casos na região. Nos outros estados, no Centro-Oeste e no Sudeste, a epidemia é mais recente. Neste ano ainda é esperado um número pequeno, mas ano que vem esperam-se mais casos pelo Brasil", avalia, em comunicado, Artur Timerman, presidente da Sociedade Brasileira de Dengue e Arboviroses.

Foto: © Carla Nichiata - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter