Bactérias fecais combatem diabetes em ratos

Pedro.Saude - 20 de março de 2017 - 09:50

Bactérias fecais combatem diabetes em ratos

Em breve, tratamento inovador pode ser testado em seres humanos, afirma pesquisadora de Taiwan

(CCM SAÚDE) — Microbactérias encontradas nas fezes são causadoras de muitas doenças, mas também podem ser utilizadas para o tratamento de outras. É o que aponta pesquisa de cientistas do Hospital de Veteranos de Taiwan. Testes iniciais revelaram a capacidade destes micro-organismos em combater o diabetes em camundongos.

Segundo Wu Junying, principal autor do estudo, foram analisadas milhões de espécies de bactérias fecais para se identificar quais delas poderiam apresentar efeitos curativos. Uma delas, quando administrada em forma de remédio aos ratos, foi capaz de alterar a flora intestinal dos animais e combater a doença.

O próximo objetivo dos pesquisadores é expandir os experimentos com os camundongos para que, em breve, são feitos testes com seres humanos. Além disso, o grupo taiwanês pretende criar uma base de dados sobre microbactérias fecais e suas possíveis aplicações no combate ao diabetes e outras doenças.

Foto: © Marcos Mesa Sam Wordley - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter

Última modificação: 20 de março de 2017 às 09:50 por Pedro.Saude.