Teste genético consegue prever Alzheimer

Pedro.Saude - 24 de março de 2017 - 08:13

Teste genético consegue prever Alzheimer

Exame é capaz de apontar em que momento da vida o paciente vai desenvolver a doença

(CCM SAÚDE) — Um novo teste desenvolvido pela Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, promete apontar com quantos anos uma pessoa vai desenvolver o mal de Alzheimer analisando apenas uma pequena parcela do seu DNA.

O exame avalia 31 marcadores genéticos que têm influência sobre a degeneração cerebral. Quanto mais destes genes sejam identificados, maiores os riscos de o paciente desenvolver a doença de maneira antecipada.

No experimento realizado em laboratório envolvendo cerca de 70 mil voluntários, os pesquisadores demonstraram que os 10% que apresentaram resultados mais elevados tinham três vezes mais chances de serem diagnosticados com Alzheimer no decorrer do estudo que os 10% com resultados mais baixos.

Além disso, os pacientes com escore mais alto - o teste gera um valor como resultado, que aumenta conforme o risco - desenvolviam a doença até uma década antes dos que ficaram na parte de baixo da tabela. Em média, os primeiros apresentaram a doença aos 84 anos enquanto os últimos aos 95.

Foto: © Sergey Nivens - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter