Obesidade cresce 60% em uma década

Pedro.Saude - 18 de abril de 2017 - 07:09

Obesidade cresce 60% em uma década

Dados inéditos do Vigitel apontam que mais da metade da população brasileira está acima do peso

(CCM SAÚDE) — A obesidade alcançou 18,9% dos brasileiros em 2016, aponta nova edição da pesquisa Vigilância de Fatores de Risco para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), do Ministério da Saúde. A taxa de obesos cresceu 60% desde 2006.

Segundo o órgão federal, esse aumento contribui de maneira significativa para a elevação dos índices de diagnóstico de diabetes tipo 2 e hipertensão arterial no período entre 2006 e 2016. Enquanto o primeiro saltou de 5,5% para 8,9%, o segundo foi de 22,5% para 25,7%. Nos dois casos, a incidência é maior entre as mulheres.

Se a obesidade avança de maneira preocupante, o sobrepeso, determinado quando o Índice de Massa Corporal (IMC) do paciente se encontra entre 25 e 30, alcança patamares ainda mais alarmantes. Atualmente, mais da metade (53,8%) dos brasileiros está acima do peso. Em 2016, a taxa era de 42,6%.

Junto ao sedentarismo, o principal vilão do ganho de peso é a alimentação. Hoje em dia, aponta o Vigitel, o brasileiro ingere menos feijão, frutas e hortaliças e, em contrapartida, elevou o consumo de alimentos processados. Por outro lado, os refrigerantes perderam mais da metade de seus usuários em uma década.

Foto: © Kurhan - 123RF.com
Siga o CCM Saúde no Twitter

Última modificação: 18 de abril de 2017 às 07:09 por Pedro.Saude.