Anvisa inclui Cannabis na lista de medicinais

Natali.Saude - 16 de maio de 2017 - 09:54

Anvisa inclui Cannabis na lista de medicinais

Medida da agência regulatória permite que a substância seja utilizada em medicamentos

(CCM SAÚDE) — A Cannabis sativa foi incluída na Lista Completa das Denominações Comuns Brasileiras na categoria de planta medicinal. A medida, tomada pela Agência Nacional de vigilância Sanitária (Anvisa), não libera o uso da maconha como planta medicinal, porém a formaliza como componente em futuros registros de medicamentos.

Publicada no Diário Oficial da União em 8 de maio, a decisão é mais um passo rumo à inclusão da Cannabis sativa na formulação de medicamentos, especialmente os utilizados no tratamento de doenças neurodegenerativas. A principal substância da maconha já tinha sido base do primeiro remédio desse tipo feito no Brasil, em janeiro deste ano.

Com nome de Mevatyl, o medicamento contém tetraidrocanabinol (THC) e canabidiol (CBD). Já aprovada em outros 28 países, como Estados Unidos, Canadá, Alemanha, Dinamarca, Suécia, Suíça e Israel, onde é conhecida por Sativex, a droga é indicada para adultos com espasticidade de moderada a grave relacionada à esclerose múltipla.

Desde 2016, estão autorizadas pela Anvisa a prescrição e manipulação de medicamentos à base de canabidiol, bem como a flexibilização da importação de medicamentos que contenham essa substância.

Foto: © jirkaejc - 123RF.com

Última modificação: 16 de maio de 2017 às 09:54 por Natali.Saude.