Menopausa precoce aumenta risco cardíaco

Pedro.Saude - 18 de maio de 2017 - 10:45

Menopausa precoce aumenta risco cardíaco

Insuficiência cardíaca também é mais frequente em mulheres que não tiveram filhos, aponta pesquisa

(CCM SAÚDE) — Mulheres que entram na menopausa de forma precoce, antes dos 40 anos, apresentam maior risco de desenvolver insuficiência cardíaca. A informação é de pesquisa da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos.

Além disso, o trabalho, que acompanhou cerca de 28 mil voluntárias durante 13 anos, demonstrou que não ter tido filhos também eleva a probabilidade de insuficiência cardíaca entre as mulheres. Por outro lado, não foi encontrada relação direta entre infertilidade e risco cardíaco.

Em média, cada ano a mais em período fértil reduz em 1% o risco de problemas cardiovasculares. Já as mulheres sem filhos têm risco duas vezes maior de insuficiência cardíaca que as demais. Tais relações, segundo os pesquisadores, podem estar associadas a uma baixa exposição aos hormônios sexuais por parte destas mulheres.

Apesar dessa hipótese, os cientistas não garantem que terapias de reposição hormonal possam garantir uma proteção maior à saúde do coração. "Essa ligação não foi demonstrada de forma consistente. Mulheres pensando em iniciar essa terapia devem pesar os prós e contras com seu médico", afirma o médico Metin Avkiran, em entrevista ao jornal britânico 'The Guardian'.

Foto: © Katarzyna Białasiewicz - 123RF.com

Última modificação: 18 de maio de 2017 às 10:45 por Pedro.Saude.