Sódio: Brasil vai tirar 28 mil toneladas da comida

Pedro.CCM - 14 de junho de 2017 - 08:11

Sódio: Brasil vai tirar 28 mil toneladas da comida

Novo acordo do Ministério da Saúde com a indústria alimentícia renova compromisso firmado em 2008

(CCM SAÚDE) — O Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira (13) um novo acordo para retirada de sódio dos alimentos com a Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (Abia). A meta é tirar 28,5 mil toneladas de sal das comidas até 2022.



O pacto de retirada voluntária renova as ações que vêm sendo realizadas desde 2008. Nos últimos seis anos, a redução de sódio nos produtos já foi de 17 mil toneladas, o equivalente a 4.313 caminhões carregados de sal, de acordo com os cálculos do órgão federal.

A parceria reduziu a concentração de sódio em mais de 30 categorias de produtos entre eles pães, biscoitos, maionese, margarina, embutidos e cereais matinais. O programa foi dividido em quatro fases, com resultados analisados entre 2011 e 2016. Na última fase, o destaque ficou por conta das sopas, que tiveram redução média de 50%.

A fase inicial do novo acordo deve se concentrar sobre os pães que respondiam, em 2011, pelo consumo de cerca de 800 miligramas de sódio por dia. A meta é reduzir esse valor para 450 mg até 2020. Atualmente, o brasileiro consome 12 gramas de sódio diariamente, mais que o dobro dos 5 g recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Além da retirada de sódio dos alimentos, o ministério e a Abia seguem em conversas avançadas para a assinatura de um acordo semelhante para o açúcar, que deve ser anunciado no segundo semestre deste ano.

Foto: © HandmadePictures - Shutterstock.com