Novas taxas de colesterol ruim são criadas

Natali_CCM - 14 de agosto de 2017 - 08:54

Novas taxas de colesterol ruim são criadas

Cardiologistas estabeleceram taxas mais rígidas para reduzir problemas em pacientes com risco alto

(CCM SAÚDE) — O LDL, conhecido como colesterol ruim, a partir de agora terá novas e mais baixas taxas de controle, de acordo com determinação da Sociedade Brasileira de Cardiologia a ser seguida pelos médicos.



A partir dessa diretriz, os parâmetros para o controle dessa taxa ficam mais rígidos, ou seja, pessoas com risco altíssimo de problemas cardíacos precisam manter a taxa de colesterol menor do que 50 miligramas por decilitro de sangue - antes, essa taxa era de 70.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, o foco desta mudança são pessoas que já passaram por um infarto ou AVC, por exemplo, e na prevenção de episódios mais graves.

Assim, quem tem hipertensão ou algum outro problema que represente risco alto deve manter as taxas de LDL abaixo de 70. Quem não tem fator de risco deve mater esse valor abaixo de 130.

Foto: © lenetstan - Shutterstock.com