Vírus da zika pode combater câncer no cérebro

Natali_CCM - 5 de setembro de 2017 - 10:15

Vírus da zika pode combater câncer no cérebro

Cientistas descobriram que vírus tem a capacidade de matar as células dos tumores

(CCM SAÚDE) — O vírus zika, até agora conhecido como algo danoso à saúde de fetos na gravidez, pode ter um uso benéfico, tratando glioblastoma, um tumor maligno no cérebro. Publicado no 'The Journal of Experimental Medicine', o estudo é inovador.

A pesquisa, conduzida por cientistas da Faculdade de Medicina de Washington e da Universidade da Califórnia, direcionaram a capacidade de o vírus da zika infectar e matar as células cerebrais dos fetos para os tumores, aumentando a chance de sobrevivência de quem possui câncer cerebral.

"Nós mostramos que o vírus da zika pode matar as células do glioblastoma, que têm tendência a resistir aos tratamentos atuais e que levam à morte", disse Michael S. Diamond, professor na Faculdade de Medicina na Universidade de Washington e autor da pesquisa.

Mais comum tipo de câncer no cérebro, o glioblastoma foi infectado com duas cepas do zika na pesquisa e, após o experimento, teve seu crescimento interrompido. Cientistas destacam, no entanto, que tratamentos adicionais como quimioterapia e radioterapia são necessários para atacar as células-tronco cancerígenas.

"Vemos que o zika um dia será usado junto com terapias atuais para erradicar todo o câncer", disse Milan G. Chheda, coautor do artigo e também professor da Faculdade de Medicina da Universidade de Washington.

Foto: © Jarun Ontakrai - Shutterstock.com