Ministério declara fim do surto de febre amarela

Pedro.CCM - 8 de setembro de 2017 - 13:08

Ministério declara fim do surto de febre amarela

Último caso confirmado da doença ocorreu em junho, no Espírito Santo; há risco de volta no verão

(CCM SAÚDE) — O Ministério da Saúde anunciou na última quarta-feira (6) o fim do surto de febre amarela, que ocorreu no país nos primeiros seis meses do ano. O último caso confirmado da doença foi registrado em 16 de junho, no Espírito Santo.



Ao todo, houve 3.564 notificações da doença no período, com 777 confirmações, 2.270 descartes e 304 diagnósticos inconclusos. Além disso, outras 213 ocorrências seguem em investigação. Em relação aos óbitos, foram 261 confirmados e 172 com diagnóstico descartado de febre amarela. Ainda restam 37 casos sendo analisados pelas autoridades de saúde.

O estado mais afetado pelo surto - e onde ele se iniciou ainda em dezembro - foi Minas Gerais, com 465 casos e 152 mortes por febre amarela. Espírito Santo (252 casos e 83 mortes), Rio de Janeiro (25 e 8) e São Paulo (22 e 10) também sofreram com a zoonose.

Segundo o ministério, foram distribuídas, ao longo dos meses de surto, mais de 27 milhões de doses extras da vacina contra a febre amarela nos quatro estados afetados e também em municípios baianos que fazem divisa com Minas.

Essa quantidade garantiu uma melhora nos indicadores de cobertura vacinal nas cidades das cinco unidades da federação. No Espírito Santo, por exemplo, a taxa de proteção supera os 85% e em Minas Gerais o valor é de 76,7%. Ao todo, 625 dos 1.121 (55,7%) municípios desses estados alcançaram cobertura acima dos 75%.

Foto: © Tacio Philip Sansonovski - Shutterstock.com