Estudo: aspirina regeneraria dente após cárie

Natali_CCM - 14 de setembro de 2017 - 10:31

Estudo: aspirina regeneraria dente após cárie

Pesquisa conduzida no Reino Unido mostra que medicamento pode estimular células-tronco dos dentes

(CCM SAÚDE) — Cientistas da Irlanda do Norte anunciaram a criação de um tratamento de regeneração dental utilizando o ácido acetilsalicílico, mais conhecido como aspirina.



De acordo com os cientistas da Universidade Queen’s, em Belfast, o produto estimula células-tronco nos dentes, aumentando o potencial de regeneração. Com isso haveria menos cáries e obturações no futuro.

Atualmente, nossos dentes têm pouca capacidade de regeneração, produzindo uma fina camada de dentina, logo abaixo do esmalte. Entretanto, se a polpa é exposta, é impossível regenerar uma grande cavidade, necessitado das obturações.

"Temos a esperança de desenvolver um tratamento que dê aos dentes a capacidade de fazer esses reparos. Mas isso será gradual, não é imediatamente que não precisaremos mais de obturações", explica Ikhlas El Karim, professora da Faculdade de Medicina da Queen's University.

Depois de confirmar a eficiência da aspirina, o próximo passo é descobrir um método para aplicá-la da maneira adequada. “Precisamos colocar o produto no dente com cárie de forma que ele possa ser liberado durante um longo período de tempo. Se simplesmente colocarmos aspirina em uma cárie hoje, ela será facilmente lavada”, destaca a cientista, enfatizando que esse uso é indicado apenas para dentistas.

"Esse método não só aumenta a sobrevivência dos dentes, mas pode resultar em uma imensa economia para sistemas de saúde pública ao redor do mundo”, conclui.

Foto: © Pressmaster - Shutterstock.com