Injeção única reúne todas as vacinas infantis

Natali_CCM - 18 de setembro de 2017 - 09:30

Injeção única reúne todas as vacinas infantis

Novidade foi criada nos Estados Unidos e ainda está em fase de testes com cobaias

(CCM SAÚDE) — Todas as crianças, ao nascer, tomam uma série de vacinas para se protegerem de doenças. Para evitar isso, cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos, criaram uma só injeção que libera as vacinas.



Essa única dose armazenaria as vacinas em cápsulas microscópicas, liberando-as aos poucos. Ainda em fase de testes com camundongos, a novidade foi publicada na revista 'Science'.

Em testes, a liberação das diferentes vacinas se mostrou eficaz. Ela pode ser realizada em nove, 20 ou 41 dias depois que a vacina foi injetada, porém já foram criadas também outras partículas que seriam liberadas após 100 dias.

"Nós estamos muito animados com esse trabalho. Pela primeira vez, podemos criar uma 'biblioteca' de pequenas partículas de vacina fechadas em uma cápsula, cada uma programada para ser liberada num tempo exato, para que as pessoas um dia possam receber uma única injeção que, na verdade, teria diversas vacinas dentro dela", diz Robert Langer, do MIT.

"No mundo em desenvolvimento, essa pode ser a diferença entre não se vacinar e receber todas as suas vacinas de uma só vez", completa o pesquisador Kevin McHugh.

Foto: © stalnyk - 123RF.com