OMS: 7 mil recém-nascidos morrem por dia

Pedro.CCM - 19 de outubro de 2017 - 08:53

OMS: 7 mil recém-nascidos morrem por dia

Apesar do número elevado, taxa de mortalidade em menores de 5 anos atingiu baixa histórica em 2016

(CCM SAÚDE) — Diariamente, 7 mil recém-nascidos morrem em todo o mundo. Os números, referentes a 2016, fazem parte de levantamento sobre mortalidade infantil realizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).



Segundo o relatório, divulgado nesta quarta-feira (18), o número de óbitos entre crianças de até 5 anos atingiu o menor valor histórico no ano passado, totalizando 5,5 milhões de mortes contra 9,9 milhões registradas em 2000. No entanto, a proporção de recém-nascidos (até 28 dias de vida) nessa conta saltou de 41% para 46%.

A estimativa do braço de saúde das Nações Unidas é que 60 milhões de crianças menores de 5 anos - 30 milhões recém-nascidas - morram até 2030 caso medidas para o incremento da atenção à primeira infância não sejam implementadas em países em desenvolvimento, que concentram a maioria dos casos.

Somente a Índia é responsável por 24% das mortes diárias de recém-nascidos, seguido pelo Paquistão (10%). O sudeste asiático, inclusive, é a região do mundo com mais óbitos de bebês (39%), quase o mesmo valor da África subsaariana (38%).

As principais causas de mortes de crianças no mundo são pneumonia e diarreia, que somam 16% e 8% dos casos respectivamente. Já entre os recém-nascidos, informa a OMS, 30% dos óbitos são causados por complicações no trabalho de parto e em decorrência de nascimentos prematuros.

Foto: © VectorDoc - Shutterstock.com