Estudo: risco de nova pandemia de gripe aviária

Pedro.CCM - 20 de outubro de 2017 - 13:01

Estudo: risco de nova pandemia de gripe aviária

Nova cepa do vírus da gripe poderia se espalhar pelo mundo; 40% dos infectados morreram

(CCM SAÚDE) — Uma nova cepa do vírus da gripe aviária - o H7N9 - pode provocar uma pandemia nos próximos anos, afirmam cientistas da Universidade de Tóquio, no Japão, em artigo publicado na revista 'Cell Host & Microbe'.



Os pesquisadores baseiam seu alerta com base no histórico dessa forma da doença. Anteriormente apenas encontrada em aves, ela identificada pela primeira vez em seres humanos em 2013. Desde então, a cepa já infectou 1.562 pessoas, com mortes em 40% dos casos.

No entanto, a equipe comandada pelo virologista Yoshihiro Kawaoka também afirma que as ocorrências já notificadas da doença em humanos só ocorreu em pessoas que convivem com os animais e dentro de famílias, o que ainda põe em dúvida a capacidade da cepa de ser transmitida de pessoa para pessoa.

Outro ponto de preocupação dos pesquisadores é quanto à resistência do vírus. Em testes de laboratório, o uso do medicamento Tamiflu, um dos mais associados para o combate da gripe, não apresentou bons resultados. Porém, algumas drogas experimentais, com mecanismo de ação diferente do Tamiflu, tiveram desempenho bem melhor.

Por enquanto, a pandemia é apenas um risco potencial, mas os especialistas afirmam que medidas como testes de novas drogas e estudos aprofundados sobre a ação da nova cepa devem ocorrer para prevenir que a doença se espalhe pelo mundo.

Foto: © andriano.cz - Shutterstock.com