Vacina combate 72 bactérias da pneumonia

Pedro.CCM - 23 de outubro de 2017 - 09:02

Vacina combate 72 bactérias da pneumonia

Novo produto tem ação inteligente e mata apenas organismos nocivos à saúde, evitando resistência

(CCM SAÚDE) — Pesquisadores da Universidade do Estado de Nova York, nos Estados Unidos, desenvolveram a mais avançada vacina contra a pneumonia. O estudo foi publicado nesta sexta-feira (20) na revista 'Science Advances'.



O imunizante, testado até o momento em ratos e coelhos, apresentou resposta imune contra 72 espécies de bactérias que causam a pneumonia. Além disso, a nova vacina tem características que a tornam muito superior aos produtos hoje disponíveis no mercado.

Sua principal vantagem diz respeito à ação inteligente sobre os patógenos. Atualmente, vacinas contra a pneumonia são pouco seletivas, destruindo todo o conjunto de bactérias onde se encontra o agente da doença. Já a nova imunização ataca apenas quando a bactéria se desprende do grupo e inicia sua ação sobre o organismo. Com isso, não há risco de destruição de micro-organismos benéficos ao metabolismo humano.

Essa característica também ajuda a reduzir os riscos de que as bactérias passem a desenvolver resistência à vacina já que sua ação é mais específica, diminuindo as possibilidades de adaptação do patógeno. A geração das chamadas superbactérias é uma das maiores preocupações atualmente na medicina com uma série de doenças já apresentando formas intratáveis.

Ainda não há previsão de testes da vacina em seres humanos, mas o sucesso do produto em animais traz boas chances de que ela também seja eficaz em organismos mais complexos e possa chegar ao mercado em alguns anos.

Foto: © Tatiana Shepeleva - 123RF.com