Envelhecimento: poucas ações podem detê-lo

Natali_CCM - 31 de outubro de 2017 - 12:38

Envelhecimento: poucas ações podem detê-lo

Especialistas listam hábitos de vida que retardam o envelhecimento do corpo e da mente

(CCM SAÚDE) — Cada pessoa envelhece de um jeito. Tudo depende de hábitos de vida e genética, porém algumas medidas ajudam a envelhecer com qualidade de vida e de maneira satisfatória.



Quando envelhecemos há perda da qualidade do funcionamento celular, bem como perda muscular, óssea e endurecimento dos vasos. Tudo isso, segundo especialistas, pode ser reduzido com bons hábitos diários, como atividades físicas.

De acordo com a revista 'The Lancet', alguns meios comprovados de reduzir a chance de demências são falar de prevenção desde a infância, manter contato com outras pessoas, não fumar, fazer atividades físicas, tratar hipertensão, a perda auditiva, a depressão, o diabetes e a obesidade.

Fatores externos como a poluição aceleram o envelhecimento e atingem muito mais órgãos do que se imagina, incluindo os rins. Segundo alguns cientistas, a poluição leva a um aumento de 45 mil casos de doença renal crônica a cada ano.

Foto: © stylephotographs - 123RF.com