Omeprazol eleva o risco de câncer, diz estudo

Natali_CCM - 3 de novembro de 2017 - 11:15

Omeprazol eleva o risco de câncer, diz estudo

Estudo liderado pela Universidade de Hong Kong indica que uso do medicamento requer atenção especial

(CCM SAÚDE) — Uma pesquisa recente causou espanto e atenção aos usuários dos medicamentos como o Omeprazol. Isso porque, segundo estudos, seu uso prolongado eleva as chances de ter câncer no estômago.



Esses inibidores da bomba de prótons (IBPs), classe à qual pertencem medicamentos como Omeprazol, Lansoprazol, Pantoprazol, Rabeprazol, Esomeprazol e Dexlansoprazol, foram listados por pesquisadores de Hong Kong como perigosos e, portanto, devem ser evitados. A conclusão foi publicada na revista científica 'Gut'.

Utilizados para reduzir a quantidade de ácido produzido pelo estômago e tratar gastrite, refluxo e úlceras, esses remédios aumentaram em 2,4 vezes as chances de câncer de estômago em um estudo conduzido com 63.387 pacientes de Hong Kong - 153 com a doença.

Quem ingere diariamente os remédios da classe do Omeprazol teve o risco elevado em 4,55 vezes, o que leva os especialistas a prescreverem cuidado no uso desse medicamento, optando por outra solução sem efeitos colaterais.

É importante destacar que o aumento do risco de câncer em pacientes que utilizam esse medicamento também está relacionado a fatores de risco como histórico familiar, tabagismo, obesidade e alcoolismo.

Foto: © funnyangel - Shutterstock.com