Vacina brasileira contra câncer de pele tem sucesso

Pedro.CCM - 8 de dezembro de 2017 - 07:30

Vacina brasileira contra câncer de pele tem sucesso

Imunização foi capaz de combater tumores já instalados e prevenir ressurgimento da doença em camundongos; testes com humanos começam em breve

(CCM SAÚDE) — Um projeto do Laboratório Nacional de Biociências (LNBio), de Campinas, desenvolveu uma vacina capaz de combater e prevenir com sucesso o câncer de pele, tipo de câncer mais comum no país e um dos mais presentes em todo o mundo.



O estudo, que já dura seis anos, obteve resultados satisfatórios em experimentos com animais tanto para o tratamento quanto a profilaxia da doença. Em primeiro lugar, camundongos com os tumores receberam o produto, composto por três linhagens de células causadoras do câncer. A vacina estimulou a formação de linfócitos T, proteínas atuantes na defesa do organismo que destruíram as células malignas.

Após um ano de acompanhamento das cobaias, os cientistas do LNBio voltaram a tentar gerar a doença entre os animais, mas o organismo dos camundongos foi capaz de repelir as células estranhas.

O trabalho, coordenado pelo pesquisador Márcio Chaim Bajgelman, terá como próximo passo a realização de testes em seres humanos. Os primeiros experimentos devem começar durante o primeiro semestre de 2018. Caso os bons resultados também sejam observados, a vacina pode iniciar seu processo de liberação junto às agências reguladoras.

O câncer de pele responde por cerca de 30% dos casos da doença em todo o país. Em números gerais, estima-se que 180 mil casos sejam diagnosticados todos os anos. Destes, pouco mais de 5 mil são do tipo melanoma, forma mais agressiva e mortal da neoplasia. O prognóstico do tratamento é positivo se a detecção for feita nos estágios iniciais.

Foto: © Yuriy Klochan - 123RF.com