Criados óvulos totalmente em laboratório

Natali_CCM - 14 de fevereiro de 2018 - 10:44

Criados óvulos totalmente em laboratório

Pesquisadores da Universidade de Edimburgo, na Escócia, foram responsáveis pelo feito inédito

(CCM SAÚDE) — Pela primeira vez, cientistas conseguiram desenvolver, em laboratório, óvulos humanos até sua plena maturidade, ou seja, prontos para serem fecundados. A notícia é esperançosa para preservar a fertilidade feminina.



Criados in vitro, desde seu estágio inicial até maturidade plena, os óvulos foram desenvolvidos pela Universidade de Edimburgo, na Escócia, em parceria com cientistas de Nova York. Os resultados completos estão na revista 'Molecular Human Reproduction'.

Segundo os pesquisadores, a novidade pode garantir a fertilidade de meninas com câncer, que se submetem à quimioterapia. Neste método, os óvulos seriam levados à maturidade em laboratório e fertilizados mais tarde.

"Ser capaz de desenvolver plenamente óvulos humanos em laboratório pode ampliar o alcance dos tratamentos de fertilidade disponíveis e agora estamos trabalhando para otimizar as condições para o seu desenvolvimento. Esperamos saber, sujeito à aprovação regulamentar, se eles podem ser fecundados", disse Evelyn Telfer, professora da universidade de Edimburgo.

Para Robin Lovell-Badge, do Instituto Francis Crick, o estudo ainda precisa evoluir bastante para funcionar de fato. Especialistas, em geral, acreditam que serão necessários anos para levar essa terapia, de fato, às pacientes.

Foto: © lightwise - 123RF.com