Música reduz ansiedade e dor em cirurgia

Joana.Saude - 16 de agosto de 2015 - 11:28

Música reduz ansiedade e dor em cirurgia

Pesquisa aponta redução de uso de analgésicos no pós-operatório, apesar de tempo de internação permanecer o mesmo

(CCM SAÚDE) - Ouvir música antes, durante ou após a cirurgia tem um efeito benéfico sobre pacientes, reduzindo a ansiedade e dor e facilitando a recuperação, de acordo com um estudo publicado quinta-feira na revista médica britânica 'The Lancet'.

A partir de análise de 72 estudos com 7.000 pessoas no total, uma equipe de pesquisadores britânicos mostrou que pacientes operados com música ambiente ficavam menos ansiosos, tinham menos dor pós-operatória e precisavam de menos analgésicos do que aqueles que foram operados sem música. Eles também ficavam mais satisfeitos, de forma geral.

O efeito sobre a ansiedade e a dor foi visível quando a música foi ouvida antes, durante ou após a cirurgia, mas com uma vantagem para a música ouvida antes da cirurgia.

Todas as músicas testadas (mais de 4.000 no total) foram eficazes, embora os autores observassem um aumento do lucro, mas "não significativo" para as peças que foram escolhidas pelo paciente. O efeito também foi observado sob anestesia geral, mas foi um pouco mais importante quando os pacientes estavam conscientes durante o procedimento.

A música ajudou a reduzir o uso de analgésicos, no entanto, não ajudou a reduzir o tempo de internação dos pacientes, de acordo com pesquisadores.

A pesquisadora Catherine Meads, que liderou o estudo, explicou à AFP que a redução da dor foi de cerca de um quinto na escala de dor que vai de zero a 10, uma redução considerada "clinicamente significativa".

Ela acrescentou que os doentes devem, no futuro, poder escolher o tipo de música que eles querem ouvir, mas reconhece que devem ser tomadas medidas para garantir que a música não interfira na comunicação entre membros da equipe médica.

Foto: © Pixabay.