Dezoito estados são afetados pelo zika vírus

Joana.Saude - 25 de novembro de 2015 - 00:17

Dezoito estados são afetados pelo zika vírus

Ministério da Saúde alerta que a situação é grave; casos de microcefalia já são 739 e há suspeita de ligação com o zika

(CCM SAÚDE) - O ministério da Saúde informou na manhã desta terça-feira (24), em coletiva realizada em Brasília, que 199 municípios estão em situação de risco de surto das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, e 18 estados já tiveram casos confirmados de zika. Os dados fazem parte do Levantamento Rápido de Índice Aedes Aegypti (LIRAa) que apresentou os números referentes aos casos de dengue, chikungunya, zika e microcefalia no país.

"Nunca tivemos a circulação do zika em um país populoso como o Brasil. É uma situação inédita, com manifestação grave", falou o diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch.

O zika vírus têm preocupado o governo e especialistas devido à sua possível ligação com os casos de microcefalia que já somam 739 no país. Pernambuco, o estado mais afetado, possui 478 casos. Diante do que já vem sendo considerado um epidemia da doença, o ministério orienta as grávidas a comparecerem às consultas e exames de pré-natal e tomarem todas as vacinas e protegerem-se dos mosquitos.

Os casos de dengue também subiram significativamente no último ano. Foram identificados 1,5 milhão de casos de dengue no país de janeiro até 14 de novembro, um aumento de 176% em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 555,4 mil casos.


Diante do elevado número de casos das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, o ministério implementa campanha para combatê-lo. "Se o mosquito da dengue pode matar, ele não pode nascer", alerta o material produzido pelo órgão.

Foto: © Pixabay.