Vírus chikungunya pode causar encefalite

Joana.Saude - 26 de novembro de 2015 - 18:05

Vírus chikungunya pode causar encefalite

Vírus chikungunya pode causar infecção cerebral grave e até mesmo levar à morte

(CCM SAÚDE) - O vírus chikungunya pode provocar encefalite, uma infecção que, além de deixar sequelas graves, é fatal em 17% dos casos. A encefalite afeta principalmente crianças lactantes e pessoas com mais de 65 anos, de acordo com dados de pesquisas realizadas sobre o vírus, na ilha de Reunião e publicadas na edição digital da revista especializada 'Neurology'.



A pesquisa foi feita a partir de um surto do vírus chikungunya na ilha da Reunião entre 2005 e 2006 que infectou 300 mil pessoas. A encefalite se manifestou especialmente entre as crianças, com uma taxa de 187 por 100 mil crianças e em pessoas com mais de 65 anos em taxa de 37 por 100 mil. 17% dos pacientes morreram de encefalite.

Da mesma forma, os pesquisadores afirmam que a encefalite deixou sequelas na forma de deficiência recorrente em 30% a 45% dos pacientes. Assim, os bebês experimentaram mudanças e problemas com habilidades de pensamento e memória, enquanto os adultos sofreram de demência após a infecção.

Partes da África, Ásia e ilhas do Caribe sofreram surtos de vírus chikungunya e, desde setembro de 2015, foram diagnosticados milhares de casos no México. No Brasil, a febre já afetou, segundo dados das secretarias municipais de Saúde, mais de duas mil pessoas.

Não há nenhuma vacina contra este vírus transmitido pelo mosquito Aedes Aegypti, nem uma droga específica para o tratamento de sintomas que incluem tipicamente febre e dor nas articulações que podem durar de uma semana até vários meses ou mesmo anos.

Foto: © Pixabay.