Remédio para hepatite C será feito no Brasil

Pedro.Saude - 17 de maio de 2016 - 15:05

Remédio para hepatite C será feito no Brasil

Tratamento com sofosbuvir aumenta as chances de cura do paciente, mas custa cerca de 80 mil dólares atualmente

(CCM SAÚDE) — Um novo tratamento com alto potencial de cura da hepatite C estará disponível a partir de 2017 no Sistema Único de Saúde (SUS) por conta de parceria firmada entre a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e laboratórios estrangeiros para produção nacional do medicamento sofosbuvir, responsável pelo aumento nas chances de cura dos portadores da doença hepática.



O remédio, aprovado para uso nos Estados Unidos em 2013, deve ser tomado pelos pacientes diariamente ao longo de 12 semanas, totalizando 84 comprimidos. Ocorre que cada pílula custa mil dólares (R$ 3.500), o que deixa o tratamento ao preço de 84 mil dólares (R$ 294 mil) e praticamente inviabiliza seu uso por cidadãos brasileiros e sua inserção no rol de tratamentos oferecidos pelo SUS.

Para combater tal problema, a Fiocruz, em parceria com os laboratórios Blanver Farmoquímica, Microbiológica Química e Farmacêutica Karin Bruning, vai começar a produzir por conta própria o medicamento. A expectativa é que o remédio seja autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária ainda este ano para uso na rede pública no primeiro trimestre de 2017. O custo do tratamento geral deve cair para cerca de R$ 2.000.

Atualmente, 1,5 milhão de pessoas sofrem de hepatite C. Nem todos, no entanto, estão aptos ou precisam receber o tratamento com sofosbuvir. Em estimativas iniciais, o Ministério da Saúde calcula que cerca de 30 mil pacientes receberão o medicamento durante o ano que vem.

Foto: © Aksabir - Shutterstock.com
Siga o CCM Saúde no Twitter