Aceitação da homossexualidade cresce nos EUA

Pedro.Saude - 6 de junho de 2016 - 07:41

Aceitação da homossexualidade cresce nos EUA

Estudo realizado desde a década de 1970 também mostra aumento no número de pessoas que se relacionam com o mesmo sexo

(CCM SAÚDE) — O número de estadunidenses que aceitam a homossexualidade cresceu de maneira vigorosa nos últimos 25 anos, aponta um levantamento baseado na Pesquisa Social Geral (GSS, na sigla em inglês), realizada desde a década de 1970 nos Estados Unidos. Ao todo, a taxa de pessoas que afirmam considerar "de forma alguma errada" a prática de relações com parceiros do mesmo sexo passou de 13% para 49% entre 1990 e 2014.

A pesquisa, que ouviu 33.728 pessoas de todas as idades, também mostrou crescimento no número de entrevistados que afirma já ter mantido relações sexuais com pessoas do mesmo sexo ao menos uma vez na vida. Entre os homens, o total passou de 4,5% para 8,2% em 25 anos. Já entre as mulheres, o número aumentou de 3,6% para 8,7%. Já aqueles com experiências bissexuais saltou de 3,1% para 7,7%.

Segundo o psicólogo Ryne Sherman, um dos autores da pesquisa, a chamada geração Y, aqueles nascidos entre as décadas de 1980 e 1990, apresenta níveis mais elevados de aceitação da homossexualidade. Neste grupo, a taxa já alcança 63%. "Os millenials (outra forma de classificar a geração) aceitam mais o comportamento homossexual, mas a mudança está principalmente ligada ao nosso e todos os adultos têm mudado de atitude", aponta o pesquisador.

Além disso, o levantamento apontou para um crescimento mais acelerado da aceitação entre brancos e em estados do Sul e Meio-Oeste do país, regiões historicamente com maior concentração de conservadores nos Estados Unidos.

Foto: © Pixabay.
Siga o CCM Saúde no Twitter